VOA 

VOA é um projeto do guitarrista e compositor Wanderson Lopez, criado a partir do disco homônimo – gravado ao vivo na UFES –, e que contou com a participação do carioca Edu Szajnbrum e o francês Jeremy Naud.

O show é composto por obras autorais e releituras de influências musicais do Trio, artistas como Guinga, Milton Nascimento e Nelson Cavaquinho - VOA faz um convite ao público: à ressignificação da música instrumental. O trio desenvolve uma linguagem instigante, e provoca no espectador um jogo lúdico em que o acordeon flerta com as guitarras psicodélicas; modernidade que remete a uma sonoridade brejeira, como na toada mineira “Despedida” e na canção “Minas”. O show segue com variações jazzísticas e contemporâneas que vão do samba ao jazz (“A Flor e o Espinho”, de Nelson Cavaquinho), da música erudita (quatro miniaturas para clarinete, guitarra e bateria); num diálogo constante através do contraponto do órgão, da polirritmia de Edu Szajnbrum e das guitarras de Lopez, que desenvolve loops em tempo real, criando uma textura  sonora cíclica e mântrica.

A versatilidade do grupo evidencia-se nas canções Abrigo, P Salm, Voa - canções em que Jeremy Naud toca clarinete e alterna para o piano ou o acordeon e Wanderson alterna entre a guitarra e trompete.

VOA celebra os novos nuances da música instrumental mundial, compartilha com o público atento a atualização desse trio para com um gênero musical que evolui a todo instante. O Trio meticulosamente constrói um universo estético de possibilidades com seus instrumentos e proporciona ao público um espetáculo dinâmico e instigante.